Plantão Policial

SSA: Lojas da Baixa dos Sapateiros oferecem 1,5 mil vagas temporárias

Foto: Marina Silva/CORREIO
Um dos mais tradicionais pontos de comércio de Salvador, a Baixa dos Sapateiros parece começar a avançar para outro momento. Nas ruas, clientes dividem as calçadas com candidatos às vagas de emprego, que levam currículos para as lojas. 

Para a temporada de final deste ano, a Associação de Lojistas da Baixa dos Sapateiros e Barroquinha (Albasa) estima conseguir colocar 1,5 mil pessoas para trabalhar nas 350 lojas, a maioria de comércio popular, que funcionam na região.
Hoje, segundo a Albasa, há cerca de mil trabalhadores fixos no comércio do local. Quem quer emprego na Baixa dos Sapateiros pode procurar um balcão da Albasa instalado dentro da HB Tecidos, a partir das 9hs. 

Caso não haja experiência na área, é preciso ter disposição para aprender. “Precisa se esforçar, ter um bom desempenho, um bom atendimento com os clientes, uma boa comunicação. E, acima de tudo, tem que ter vontade e ser proativo”, aconselha Ruy Barbosa.