Plantão Policial

Bolsa Família de R$ 1.302 será pago para pessoas deste grupo; confira

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (União-TO) é autor do Projeto de Lei 2956/22, que prevê o pagamento de um benefício extraordinário às famílias indígenas que fazem parte do programa social Bolsa Família (Auxílio Brasil). Dessa forma, a quantia extra fará com que o valor do programa chegue a um salário mínimo (R$ 1.302,00).

Dessa forma, em tramitação na Câmara dos Deputados, a proposta altera a Lei 14.342/22, que estabeleceu o benefício extraordinário. Que complementa o Bolsa Família para que todos que integram o programa recebam, pelo menos, R$ 400,00 mensais.

À vista disso, no começo deste ano, o governo federal editou uma Medida Provisória (MP) 1155/23, que contempla às famílias que recebem o Bolsa Família com um adicional no valor de R$ 200,00. Garantindo o repasse de R$ 600,00 por mês.

No entanto, o deputado Gaguim considera que o valor destinado às famílias indígenas deve ser maior. Pois, de acordo com ele, a quantia servirá como uma maneira de compensar os danos causados pelo Estado aos povos indígenas. Que se agravaram nos últimos anos.

“O dano pode ser facilmente verificado pelo claro processo de sucateamento pelo qual passou a Funai, entidade que deveria ser protegida e aparelhada para fazer frente aos enormes desafios necessários para a proteção dos povos indígenas”, afirmou.