Plantão Policial

Criança de 2 anos morre após disparar arma do pai contra a cabeça

Uma criança de 2 anos morreu após encontrar a arma de seu pai carregada e disparar acidentalmente contra a própria cabeça.

A tragédia aconteceu na Carolina do Norte, nos Estados Unidos (EUA).   De acordo com a polícia, Warren Bennett Oser se deparou com a arma dentro da caminhonete da família, onde conseguiu entrar porque uma das portas estava aberta. 

A pistola 40 havia sido deixada em cima de um dos bancos da frente do veículo e, provavelmente, o disparo ocorreu enquanto ele brincava com o armamento.

Os pais do menino estavam em casa no momento do acidente, que ocorreu em 15 de outubro, e ao escutarem o barulho do tiro correram para fora. Warren chegou a ser levado a um hospital, mas já não havia nada que pudesse ser feito, os médicos apenas o declararam morto. 

Na última segunda-feira (31), a promotoria do Condado de Johnston anunciou que o pai que deixou a arma carregada terá que responder por não proteger adequadamente e com segurança suas armas de fogo para proteger menores. 

Doyle ainda ressaltou que é de responsabilidade dos proprietários de armas evitarem esse tipo de acidente: “Trata-se da responsabilidade dos proprietários de armas de proteger os menores, fazendo com que as armas sejam mantidas em segurança longe das crianças”.