Plantão Policial

Menina de 12 anos morre após 'pai de santo' dar chá de ervas para ela abortar

Segundo a polícia, a menina estaria nas primeiras semanas de gravidez e foi levada, pela mãe, até um homem que se diz ser pai de santo, para fazer um aborto.

Uma menina de 12 anos morreu, após passar por um ritual com uso de ervas, para provocar um aborto. O caso aconteceu na manhã dessa quarta-feira (23), no povoado Tanque, na zona rural da cidade de Joselândia, a 331 km de São Luís.

Segundo a polícia, a menina estaria nas primeiras semanas de gravidez e foi levada, pela mãe, até um homem que se diz ser pai de santo, para fazer um aborto.

No local, o pai de santo teria usado um chá de ervas abortivas para provocar a expulsão do feto. Depois de a menina tomar o chá, ela passou mal e foi levada para o Hospital Municipal de Joselândia, mas já chegou na unidade de saúde sem vida.

Ao suspeitarem das causas da morte da menina, os funcionários do hospital acionaram a polícia.

A mãe da menina e o pai de santo foram conduzidos à delegacia e confessaram o crime. Diante dos fatos, eles foram presos e devem responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil do Maranhão, que também investiga o crime de estupro de vulnerável, já que a vítima só tinha 12 anos de idade.

Fonte:g1