Plantão Policial

Avião cai em linha de energia e equipes de resgate usam colheitadeira para salvar vítimas; Vídeo

Acidente com aeronave de pequeno porte aconteceu no domingo (27), em Maryland, deixando cerca de 120 mil pessoas sem energia; duas pessoas foram resgatadas com ferimentos graves, segundo os bombeiros

Um piloto e um passageiro que ficaram presos em um pequeno avião por quase sete horas depois que ele caiu no domingo (27) em linhas de energia no Condado de Montgomery, no estado americano de Maryland, foram resgatados, disse o chefe do Serviço de Bombeiros e Resgate do Condado de Montgomery, Scott Goldstein, na manhã desta segunda-feira (28).

Ambos foram levados para o hospital com ferimentos graves, incluindo lesões ortopédicas e traumáticas do acidente e hipotermia, disse Goldstein.

O resgate começou às 17h30 (horário local), quando as equipes responderam a relatos de um pequeno avião que havia voado contra as linhas de energia, de acordo com Pete Piringer, porta-voz chefe do Serviço de Bombeiros e Resgate do Condado de Montgomery.

Quando as unidades chegaram ao local, encontraram um pequeno avião suspenso a cerca de 30 metros no ar após atingir a torre

O piloto foi identificado pela Polícia Estadual de Maryland como Patrick Merkle, 65, de Washington, DC. O passageiro é Jan Williams, 66, da Louisiana, disse a polícia estadual em um comunicado à imprensa.

O corpo de bombeiros estava em comunicação com o piloto e o passageiro durante o resgate e as estradas próximas foram fechadas, de acordo com as autoridades. A cena do acidente fica a cerca de seis quilômetros a noroeste do Montgomery County Airpark, disse a polícia estadual.

As equipes de resgate tiveram que esperar que a torre fosse “aterrada ou ligada” antes que pudessem chegar aos passageiros, disse Goldstein a repórteres na noite de domingo.

Envolvia equipes subindo para colocar braçadeiras ou cabos nos fios para garantir que não houvesse eletricidade estática ou energia residual, disse o chefe. O avião também precisava ser preso à estrutura da torre, disse ele. O nevoeiro na área tornou as coisas mais complicadas, acrescentou, afetando a visibilidade.

Um empreiteiro de serviços públicos terminou de aterrar as linhas de energia perto do avião às 23h30 (horário local), disse Goldstein, e o empreiteiro ajudou as equipes de resgate a proteger o avião nos próximos 45 minutos.

As equipes de resgate checaram os ocupantes do avião regularmente e moderaram o uso de seus telefones celulares para conservar suas baterias, disse Goldstein.

As equipes usaram uma plataforma elevatória – ou um elevador mecânico – para alcançar as pessoas presas, de acordo com fotos tuitadas por Piringer.

Fonte: CNNBrasil