Plantão Policial

Ambulância deixa mulher grávida em beira de estrada por não pagar taxa de serviço de R$ 65,00


Uma grávida em trabalho de parto foi abandonada, na última segunda-feira (5/9), à beira de uma estrada em Hamirpur (Uttar Pradesh, Índia) após parentes, que a acompanhavam no veículo, revelarem que não tinham como pagar mil rúpias (cerca de R$ 65) de taxa pelo serviço.

O motorista da ambulância, que estava ao lado de um enfermeiro, parou o veículo e fez Rekha, de 24 anos, descer. O episódio lamentável viralizou nas redes sociais após postagem de um vídeo pelo jornalista Rajesh Sahu, que pediu ajuda para identificar os envolvidos. 

 Muitos se disseram revoltados com o caso, classificado como exemplo de "crueldade", enquanto outros culparam o hospital, já que, acreditam, os funcionários deviam estar seguindo ordens. A grávida foi levada posteriormente a um hospital por outro serviço. 

A polícia entrou no caso e, no dia seguinte, prendeu Abhishek Pratap, o motorista, e Ajit Kumar, o enfermeiro, por negligência, de acordo com reportagem do "Times of India". O caso ainda está sendo investigado. Autoridades querem saber se houve uma ordem para rejeitar a gestante.

Fonte: extra.globo.com