Plantão Policial

Saiba quem é e quanto ganha o apresentador mais bem pago da Globo


A TV Globo é uma das emissoras que mais reúne profissionais renomados no mercado da comunicação. Nos últimos anos, por exemplo, a chegada e saída de alguns profissionais agitou os bastidores e valorizou o passe de muitos deles, principalmente do time de apresentadores da empresa.

Com nomes como Tadeu Schmidt, que chamou atenção pela remuneração no BBB 22, Marcos Mion, Luciano Huck, André Marques e outros, existe a curiosidade de quem é o mais bem pago. A informação foi revelada pelo colunista André Romano, do site Observatório da TV.

Depois de divulgar que Ana Maria Braga é a apresentadora com maior salário da emissora, agora foi a vez de saber quem ganha mais entre os homens. De acordo com a publicação, esse posto é ocupado atualmente por Luciano Huck, que assumiu o Domingão após saída de Faustão e renovou seu contrato até 2025.

Segundo o colunista, o marido de Angélica fatura em torno de R$ 3,5 milhões por mês para comandar o programa dominical. No entanto, no ano passado, o apresentador chegou a negar a informação e criticou isso ter sido noticiado por estar preocupado com um legado social.

"É uma especulação que se faz em torno dessa mística das enormes remunerações da TV, mas não acho que ficar iluminando esse tipo de remuneração em um país como o Brasil traga algum benefício. Hoje, já cheguei àquela máxima: a vida não é sobre o que a gente junta, mas o que espalhamos. O lado financeiro não estava na minha lista de prioridades", disse à revista Veja.

Outros salários

Mesmo com o encerramento dos contratos fixos de atores e alguns apresentadores, como o de Cissa Guimarães que, após 40 anos, foi desligada da emissora, além de cancelar programas que não estão dando mais audiência, a Globo segue pagando salários altos para os apresentadores. Por exemplo, o caso de William Bonner, que comanda o Jornal Nacional. O jornalista ganha, em média, R$ 1 milhão e 800 mil. 

Além do âncora, outros apresentadores também ganham salários altos, como o mais novo contratado, Marcos Mion, que recebe, em média, R$ 400 mil, um valor muito abaixo do que recebia quando comandava os programas da Record, em torno de R$ 900 mil mais os merchan. Ao todo, ele recebia R$ 3 milhões.