Plantão Policial

Ômicron: cientistas revelam novos sintomas da variante

A variante Ômicron, identificada pela primeira vez na África do Sul no final de novembro e logo classificada como uma variante de preocupação (VOC) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é responsável por novas ondas de Covid-19 em países do hemisfério norte. Recentemente, pesquisadores do Reino Unido - apenas no dia 24 de dezembro foram confirmados mais de 100 mil casos da nova variante no país - revelaram novos sintomas da Ômicron.

Inicialmente, os sintomas da Ômicron relatados pelos pacientes na África do Sul foram: cansaço, dores musculares, coceira na garganta ou garganta arranhando, febre baixa (em poucos casos) e tosse seca (poucos casos). O levantamento do Reino Unido mostrou que outros sintomas comuns da infecção pela nova variante incluem: coriza, dor de cabeça e espirros.

O aplicativo ZOE Covid Symptom coleta vários dados e foi formulado com o intuito de construir e criar um perfil de sintomas para a Covid-19 e suas variantes.

A melhor maneira de determinar se alguém contraiu ou não o vírus é fazendo um exame RT-PCR. Se o teste der positivo, fique em isolamento e continue monitorar os sintomas. Adicionalmente, informe as pessoas com as quais esteve recentemente em contato próximo para que estas também sejam testadas.