Plantão Policial

Como começar um negócio de marmitas fitness

Os números são impressionantes. A onda fitness movimenta US$2 bi no Brasil e a tendência é aumentar o seu faturamento. As pessoas não estão mais preocupadas somente com o seu físico mas também com a saúde. 

Pensando nisso, chegou a hora de investir nesse mercado e aprender como trabalhar em casa com um negócio bastante lucrativo. Vamos apresentar as melhores estratégias para você começar um negócio de marmitas fitness. 

Aqui, não tem enrolação. Vamos falar sobre como encontrar o público certo, como montar um bom cardápio, como buscar inovação, entre outras questões importantes. 

Quer aumentar o seu faturamento e abrir o próprio negócio? Então continue lendo este artigo agora mesmo! 
Conheça o objetivo do seu público

O primeiro passo para ter sucesso no mercado fitness é descobrir quais são os objetivos do seu público. 

Neste cenário podemos encontrar dois perfis de clientes: as pessoas que desejam emagrecer ou aquelas que querem ganhar massa muscular. 

Por isso é ideal conhecer a rotina dos seus consumidores para acertar nas estratégias da sua empresa. 
As informações não podem ser baseadas no “achismo”. Pelo contrário, você deverá fazer uma pesquisa minuciosa com possíveis pessoas que comprariam os produtos da sua marca. 

Então, não tenha preguiça. Procure alunos e instrutores que frequentam as academias da sua região. Além disso, tire dúvidas na sua roda de amigos e com parentes que se preocupam com uma alimentação saudável. 

Dessa forma, será mais fácil identificar as informações corretas sobre o estilo de vida do seu público, a alimentação mais indicada para o seu perfil, as suas dificuldades, desejos, entre outras questões. 

Invista em um bom cardápio 

Os pratos fitness não podem seguir um cardápio a risca. Os consumidores desse mercado buscam inovação e opções mais atrativas. 

O sabor também é um ponto importante na marmita fitness. Engana-se quem pensa que esse tipo de alimento não deve ser tão gostoso como os cardápios tradicionais (bacon e carnes). Pelo contrário, o público é exigente e quer um produto bastante saboroso. 

Outro ponto importante em relação ao cardápio fitness é a variedade. Se você pretende investir em refeições diárias, essa dica é essencial. Então, busque fazer combinações e altere os seus pratos diariamente.

Lembre-se desse detalhe, pois o público poderá enjoar da sua comida. 

O lado positivo é que existem diversas receitas disponíveis na internet para que você surpreenda o consumidor. 
  • salada de cuscuz marroquino e frango;
  • salada de berinjela;
  • salada de grão de bico e tofu;
  • marmita vegetariana low carb;
  • marmita fitness de peixe;
  • marmita fitness com almôndega.
Todas as opções que apresentamos neste artigo são bastante práticas e simples de serem executadas, combinado? 

Para completar o cardápio, vale também investir nas sobremesas. Dentre as sugestões, recomendamos os doces de frutas, sucos naturais e alimentos sem glúten. 

Cuide do seu estoque 

O empreendedor do mercado alimentício precisa ter cuidado com a qualidade das comidas para evitar que elas sejam contaminadas. 

No mercado fitness são usados com frequências folhas e frutas no cardápio. Para mantê-los em ótimo estado, busque deixá-los frescos e preparados sempre no dia da entrega. 

Além disso, experimente congelar as refeições que estão prontas e embaladas. Escolha uma embalagem que é usada para alimentos e que seja capaz de manter a qualidade e o seu sabor. 

Inove no preparo 

Os empreendedores têm um carinho especial com a preparação das suas comidas. Alguns investem em molhos e outros temperos caseiros. Além disso, usam as ervas naturais em sua rotina. Existem ainda aqueles que colocam o mínimo possível de sal para não atrapalhar o objetivo do seus clientes. 

Ouça os seus clientes 

Não tenha medo de ouvir o seu cliente. Ele será responsável por fornecer as principais informações sobre o seu negócio. Portanto, faça sempre uma pesquisa com todos os seus consumidores. 

Essa etapa pode ser desenvolvida presencialmente, por telefone ou por meio das redes sociais. Aqui, você deve perguntar quais são os pratos de sua preferência, quais são as opções que não estavam com boa qualidade, entre outras questões. 

Monte um ótimo esquema de entrega 

Um investidor não pode iniciar o seu empreendimento sem um sistema de entrega definido. Afinal, nem todos os clientes gostam de ir até a sua casa ou ao seu estabelecimento para buscar um produto. 
Atualmente, existem diversos aplicativos para que você entregue a quietinha com agilidade e eficiência. O cadastro é bem simples e não é necessário investimentos para implementar a tecnologia em seu negócio. 

Neste ponto é importante ficar atento a diversos detalhes que comprometem o sucesso das entregas das suas marmitas. 
  • Contratação de funcionários; 
  • Compra ou aluguel de motos ou carros;
  • Definição do horário de entrada e saída dos funcionários para entrega. 

Regularize o seu negócio 

A regulamentação é muito importante para qualquer tipo de empreendimento, seja um pequeno, médio ou grande negócio. 

O empresário precisa abrir e reconhecer firmas, além de ter atenção com as regras exigidas pela Vigilância Sanitária. Afinal, a gente sabe que os alimentos não podem ser preparados em ambientes sujos e sem armazenamento adequado. 

Organize a sua estrutura 

Ter uma boa estrutura é essencial para o sucesso do seu negócio, independente se ele for presencial ou online. Na área da cozinha, separe um lugar para fazer as refeições quentes. Já no outro espaço manipule alimentos como frutas e saladas. 

Reserve um lugar para colocar materiais de limpeza e higiene. Lembre-se também de um espaço para armazenar embalagens e utensílios.

Uma despensa também ajuda a guardar os seus alimentos de forma correta para garantir a conservação. 

Em relação aos equipamentos, não tem mistérios. Os mais indicados são os fogões, chapas, fornos e geladeiras. 

Contrate ótimos profissionais 

Uma equipe completa ajuda no desenvolvimento da sua nova empresa. Se você não conhece cada detalhe dos alimentos, indicamos contratar uma nutricionista para auxiliá-lo no processo de escolha do cardápio. O time tem ainda outros colaboradores importantes para o negócio. 
  • cozinheiros
  • ajudantes de cozinha
  • motoboys
  • gerente. Esse profissional pode ser o próprio dono do empreendimento.
Escolha profissional de qualidade para fazer parte da sua equipe. Assim, será mais fácil desenvolver outras tarefas mais estratégicas da sua empresa. 

Divulgue a sua marca

Agora que você já está preparado para iniciar o seu negócio é hora de investir no marketing. 
No início da sua trajetória, poucas pessoas conhecem os seus produtos. Portanto, divulgue os seus materiais entre amigos, parentes e colegas de trabalho, caso tiver. 

Use as redes sociais como apoio para expandir a sua marca.

Vale frequentar também academias para apresentar os seus pratos para os alunos. 

O investimento em marmitas fitness não é fora da sua realidade. Na periferia, uma mulher investiu R$ 200,00 neste mercado e hoje fatura mais de R$ 7mil por mês. Ela cuida de toda a estratégia da empresa, desde a escolha do cardápio até a distribuição das encomendas. 

Sendo assim, siga as nossas dicas. Monte opções para encantar os seus clientes, invista no marketing e faça pesquisas com o seu consumidor. Sem dúvidas, será mais fácil alcançar o seu objetivo.