Plantão Policial

Rui nega greve da PM e acusa Prisco de movimento 'político-partidário'

O governador Rui Costa fez uma transmissão ao vivo em seu Facebook na noite desta terça-feira (8) em que negou que a Polícia Militar da Bahia esteja em greve e atacou duramente o deputado estadual e presidente da Associação de Praças e Bombeiros Militares da Bahia (Aspra) Marco Prisco (PSC). Na tarde de hoje, um grupo de PMs liderados por Prisco anunciou greve por tempo indeterminado.

Sem citar o nome de Prisco em nenhum momento, ele afirma que o deputado é movido por uma "vaidade irracional e irresponsável". 

Diz ainda que não há registro de adesão ao movimento grevista em nenhuma cidade baiana. "Não temos registro de nenhuma adesão em nenhum município da Bahia ao chamamento dessa pessoa que, repito, responde a processos na Justiça (...) Essa ação criminosa, só ele ganha. 

A sociedade perde, os policiais perderiam. Só ele ganha, na sua vaidade irracional e irresponsável", ataca. Com informações do site Correio 24hs.