Plantão Policial

10 dicas para ajudar você a ser um redator melhor

É bastante provável que, mesmo que você já seja um redator profissional, possa aprimorar o seu ofício e se tornar ainda melhor em seu trabalho. Felizmente, a jornada para que um bom redator se transforme em excelente pode demorar apenas 25 minutos.

Sam Saunders, apelidado de "o redator mais interessante do mundo", foi um dos principais oradores do Festival de Criatividade Cannes Lions

No evento, ele revelou o Santo Graal dos segredos do copywriting. Estas 10 dicas podem ser o degrau que vai finalmente levar você ao próximo patamar da redação.

1. Trate os seus títulos como frases de cantada. Quando começar a escrever o seu texto, pense no que você está dizendo como uma forma de sedução. 

Talvez o seu objetivo não seja conseguir um encontro romântico com um jantar, mas você quer conquistar a atenção do seu público, portanto, assim como o início da sua abordagem diante de um potencial encontro, o título é algo que precisa se destacar. Ele deve tornar você desejável – não há melhor metáfora para o seu site e conteúdo.

2. Chega de "aquilo". Ao escrever títulos ou textos de copywriting, comece a eliminar a palavra "aquilo" do seu repertório de digitação. 

Essa palavra blasé pode parecer inofensiva, mas ela é desnecessária. Use isso como um exercício para aprimorar o seu vocabulário. Como você pode elaborar melhor as suas frases a fim de seguir esta dica?

3. Chega de "coisas". Quando você se refere a algo como "coisa(s)" em seu texto, você está sendo vago e pouco profissional. Considere o título "As 5 coisas que você precisa saber sobre Marketing de Conteúdo.” 

Ele é fraco e chato. Em vez disso, experimente "5 fatos importantes que todo redator deve saber para alcançar o sucesso.”

4. Você precisas de um bom visual. Isso provavelmente é óbvio para você, mas não se preocupe, esta dica vai além disso. 

O copywriting é uma forma de arte, e você precisa estar familiarizado com o conceito de espaço e de como usá-lo adequadamente. 

Aqui vai uma regra de ouro: visuais simples precisam de títulos mais longos e complexos, enquanto os visuais mais complexos precisam de títulos simples.

5. Preocupe-se com as sílabas. Não se preocupe com quantas palavras há no seu título. Você pode ter um título de 20 palavras que funciona melhor do que um de cinco, graças às suas escolhas de palavras. 

O truque é levar em consideração as sílabas. Quando as palavras fluem melhor e são de mais fácil identificação para o seu público, é mais provável que o leitor clique em seu conteúdo e leia-o. Se for possível encurtar palavras e ainda soar profissional, faça isso (como "escrivaninha" x "mesa").

6. Sempre guarde versões de backup do seu texto. Ao escrever um artigo, você deve considerá-lo um rascunho. Refine-o bem e, depois, salve-o como um documento diferente. 

Seus rascunhos não devem ser salvos um em cima do outro – cada rascunho merece seu próprio documento. Isso pode parecer um desperdício, e é verdade que alguns desses documentos nunca mais serão usados, porém, você nunca sabe quando vai precisar usá-los de novo, seja para referência, seja para encontrar uma frase que quase foi jogada fora.

7. Sem trocadilhos. Uma das práticas mais recorrentes no mundo da redação é a de explorar o humor. Você provavelmente já se encolheu de vergonha alheia diante de vários títulos por aí, porque o trocadilho era tão horrível que você não conseguiu deixar de reagir fisicamente. 

Mesmo que você não costume usar esse tipo de truque ao escrever, lembre-se de que ele nunca é aceitável. Você não vai impressionar ninguém. As pessoas vão rir de você, não com você.

8. Corte a encheção de linguiça. Um problema comum entre redatores inexperientes é que eles sobrecarregam os seus títulos e textos. 

Eles os enchem de supérfluos, a fim de fazer o seu título parecer mais impressionante, ou lotam o texto de informações sem importância, para atender aos requisitos de quantidade mínima de palavras. 

Em vez de confiar que o texto fará todo o seu esforço por você e que essa é uma boa forma de ter os seus trabalhos feitos, empenhe-se em cortar todos os supérfluos do seu artigo, independentemente de que tipo de conteúdo ele se trate.

9. Emocional, depois racional. Títulos e textos só permitem que você capture a atenção do público por uma quantidade muito pequena de tempo. 

Isto significa que você tem cerca de um segundo para garantir o foco completo de um leitor. Você não consegue isso com fatos e dados a menos que eles sejam chocantes, portanto, guarde todas essas informações até chegar ao recheio do seu conteúdo. 

Comece com algo emocional – atinja o coração do seu leitor e conquiste a sua atenção, para depois apresentar os fatos concretos.

10. A concepção do método é a sua chave para o sucesso. Não pense em sua mensagem como palavras. Ao pensar no seu conteúdo, visualize-o como se ele fosse uma pessoa. Com isso, você terá uma visão melhor do seu público. 

Quando você finalmente cria um conteúdo que fala para o seu público, é possível visualizar tal conteúdo como a população que você tem como alvo. 

Isso também permite que você escreva textos que fazem muito mais sentido. Quando consegue imaginar alguém falando as suas palavras escritas, isso significa que você tem um conteúdo vencedor em mãos.