Plantão Policial

O que você acha de adotar o fukubukuro em seu negócio?


Você já ouviu falar em fukubukuro? São “sacos da sorte ou da fortuna” vendidos no Japão nos primeiros dias após o ano novo e duram até acabarem as sacolas.


Origem

Não se sabe ao certo, mas parece que esta tradição começou no final do período Meiji (1868-1912) em uma loja de departamento chamada Matsuya em Tóquio, a qual precisava acabar com seu estoque no início de cada ano para abrir espaço para novas mercadorias. Então decidiram encher bolsas com os artigos que sobravam e vendê-las a um bom preço.

A ideia se espalhou por outras lojas no país, porém ficou mesmo popular em 2004, e desde então tornou-se praticamente uma tradição entre os consumidores japoneses. Atualmente outros países também adotaram a tradição.
  
Mas o que tem dentro desses “sacos da sorte”?

Segundo a tradição do fukubukuro, os consumidores que ficarem satisfeitos com seu “saco da fortuna” terão um ano de sorte pela frente. É divertido imaginar o conteúdo dos sacos e, mesmo sendo uma incógnita, vale pela surpresa e por ter um preço abaixo do mercado. Além disso, pode ser surpreendente para o cliente descobrir coisas interessantes nas sacolas que normalmente ele não compraria.

Cada saco tem um valor fixo e seu conteúdo pode valer próximo ao preço de mercado ou muito mais do que o valor cobrado pela sacola. Os descontos variam bastante. Grandes lojas de departamentos, dividem seus sacos por categorias, como por exemplo sapatos, roupas de cama, brinquedos, etc.. Há negócios que incluem itens caros nas bolsas da sorte como atrativo. Elas também podem conter vales, esses são colocados nos sacos quando o produto ofertado tem um volume grande e não cabe na bolsa, para algum serviço, ou até mesmo uma viagem.

E quando o fukubukuro vem recheado de coisas que não interessam?

As pessoas utilizam as redes sociais para mostrar os itens adquiridos e aproveitam também para fazer trocas do que não gostaram ou do que não serviu. Um entretenimento divertido e prazeroso.

Vale adotar está tradição? 

No Japão as pessoas fazem filas para adquirir tais sacolas, em algumas lojas estas se formam com dias de antecedência, consequentemente os sacos acabam bem rápido.

Pode valer a pena tentar. Uma forma divertida e diferente de abrir espaço em seu estoque. Lembrando sempre que, uma promoção deve ser feita com planejamento para que você obtenha êxito e seus clientes fiquem satisfeitos. Por isso um bom programa de gestão como o Sistema Aivis, pode lhe ajudar muito. Com o seu auxílio é possível fazer uma análise de suas vendas nos últimos meses e saber quais produtos têm em estoque com maiores margens. Assim, de forma prática, você consegue determinar quais produtos serão ofertados e quanto de desconto você irá dar, podendo fazer fukubukuros muito interessantes para os seus clientes.