Plantão Policial

Empraba promove evento sobre polos produtores de frutas

Analisar o panorama atual, as demandas tecnológicas e as perspectivas das principais cadeias produtivas de frutas no estado da Bahia é o principal objetivo do Painel sobre Polos de Produção de Frutas na Bahia, realizado na terça-feira (4), em Cruz das Almas (BA), durante o IV Workshop do projeto Gestfrut (Estabelecimento de uma rede de pesquisa, transferência de tecnologia e inovação para a fruticultura do estado da Bahia, com base na articulação, gestão e comunicação), coordenado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O evento aberto ao público reúne integrantes do comitê gestor do projeto, coordenadores dos comitês técnicos regionais e dos projetos integrantes do Edital Fruticultura da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), dirigentes da fundação, pesquisadores e fruticultores em geral.

O evento tem início às 8h, com o diretor geral da Fapesb Lázaro Cunha, seguido das principais ações do projeto de gestão apresentados pela equipe da Embrapa: Visão geral (Domingo Haroldo Reinhardt), Diagnóstico da fruticultura baiana (Clóvis Oliveira de Almeida), Qualificação de tecnologias (Carlos Estevão Leite Cardoso) e Balanço atual do Centro de Inteligência da Fruticultura Baiana – CenterFrut, acessível site www.centerfrut.com.br (Marcela Nascimento).

A partir das 10h45, representantes dos oito principais polos produtores do estado vão apresentar informações sobre abacaxi (Itaberaba), banana (Bom Jesus da Lapa), manga e uva (Juazeiro), manga e maracujá (Livramento de Nossa Senhora), laranja (litoral norte), lima ácida (recôncavo), graviola e plátano (baixo sul) e mamão (extremo sul).

Nos dias 5 e 6, as atividades do workshop são internas, com os objetivos de realizar um balanço atualizado dos resultados alcançados nos projetos de pesquisa integrantes do edital Fruticultura da Fapesb e qualificar tecnologias e demandas de pesquisa da fruticultura baiana. 

Participam representantes do Instituto Federal Baiano de Guanambi, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-Cimatec).