Plantão Policial

Saiba quais são os tipos de bomba d’água disponíveis no mercado

No mercado de bombas d’água há diversos modelos para escolher, confira as características de cada um neste artigo.

Manutenção de bomba
Atualmente existem diversos modelos de bomba d’água, cada uma com sua especificidade. Por isso, vamos te apresentar neste artigo as características de cada um, ou seja, se podem operar dentro da água ou fora dela, além das variações na capacidade de pressão, sucção e vazão. Confira!

Periféricas


As bombas periféricas são produzidas para funcionar na superfície, fora da água. Dessa forma, é importante que a instalação dela seja feita em um lugar que garanta ventilação e proteção.

Além disso, é preciso instalar a chamada válvula de pé para impedir que a água retorne para o poço depois que a bomba for desligada. Esse modelo trabalha bem com baixo volume de água e é recomendado para locais de até 7 metros  de profundidade.

Submersas


Já as bombas submersas, ao contrário das periféricas, operam dentro da água. Além disso, esse modelo possui a seguinte divisão:

  • Submersíveis, ou seja, precisam ser retiradas da água após determinado tempo de uso para secar e ser armazenada em outro local, não deve permanecer debaixo da água. Indicado para o esgotamento de esgotos e água pluvial.

  • Submersas, ou seja, criadas para funcionar todo o tempo debaixo da água, em uma média de 20 metros de profundidade. Costumam ser utilizadas em projetos de poço artesiano.

Centrífugas


As bombas centrífugas são instaladas na superfície, acima do solo e necessitam de válvula de retenção. São capazes de transferir um alto volume de água e possuem baixa pressão e capacidade de sucção de até 7 metros de profundidade. Modelo recomendado para a transferência de altos volumes de água, como o recalque de condomínios, fontes e prédios.

Autoaspirantes


Assim como o modelo anterior, as bombas autoaspirantes trabalham na superfície, porém não necessitam de válvula de retenção, isso porque já possuem em sua estrutura uma espécie de válvula interna que retém a água e diminui o esforço da bomba.

Injetoras


Por fim, as bombas injetoras. Esse modelo possui grande pressão e consegue puxar água de uma profundidade de 20 a 40 metros. Além disso, funciona com duas tubulações, uma de sucção e uma de retorno.

Vale ressaltar que para um bom desempenho desses equipamentos é importante realizar periodicamente a manutenção de bomba para evitar problemas e um possível mau funcionamento.