Plantão Policial

Mulher fatura R$ 20 mil com venda de leite materno para homens

Sete meses atrás, Rafaela Lamprou deu à luz o segundo filho, Anjelo. A moradora de Larnaca (Chipre), a mulher de 24 anos percebeu que estava produzindo leite em demasia. E viu nisso uma oportunidade de negócio.

Por que não doar o leite não aproveitado por Anjelo?

Foi o que a cipriota fez. Mulheres se beneficiaram do leite sobressalente de Rafaela. Mas ela foi além: passou a vender parte do leite a homens. Sim, homens que têm o fetiche com leite materno.

"O leite estava lotando o meu freezer. Não sabia o que fazer. Comecei a doar a mulheres no Cipre e no Reino Unido", contou a cipriota, segundo reportagem do "Sun". "Comecei a receber pedidos de homens. Homens que querem ajuda para ganhar músculos e outros que querem (o leite) por fetiche. Eles me dizem que o consomem", acrescentou.
Rafaela comentou que inicialmente achou os pedidos estranhos.

"Era esquisito dar o meu leite a homens com fetiche, mas depois acabei não me importando mais. Tenho a mente aberta", disse ela, que considera a atividade "viciante".

Com a venda do leite a homens, a cipriota já faturou o equivalente a R$ 20 mil. Ela garante ter todo o apoio do marido. Com informações do Jornal Extra.