• Plantão Recôncavo News

    terça-feira, 7 de março de 2017

    OPORTUNIDADE: Governo da Bahia divulga regra para contratar 9 mil estagiários, saiba como se inscrever

    Foto: Divulgação/GOVBA.
    O governo do Estado publicou hoje (7/3) no Diário Oficial as regras e o número de vagas do Programa Mais Futuro, voltado para a contratação de estagiários nos órgãos da administração direta e indireta do governo. 

    No total são 8.979 vagas, sendo 7.302 para estudantes de nível superior, 1.138 para alunos do nível médio técnico e 539 para nível médio. As inscrições já podem ser feitas e prosseguem até o próximo dia 31. (Link no final da matéria).

    O contrato de estágio tem duração de seis meses, podendo ser renovado por igual período até o máximo de dois anos. 

    A seleção dos estagiários será feita com base no histórico escolar (coeficiente de rendimento) dos candidatos. 

    Uma vez contratado, o estudante vai receber uma bolsa mensal de R$ 300 (para quem estuda até 100 km da sua cidade de origem) ou de R$ 600 (para quem mora a mais de 100 km do local onde estuda).

    Podem se inscrever estudantes das redes estaduais de ensino médio, ensino médio técnico e ensino superior (universidades estaduais); 

    Que tenha registro atualizado no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); 

    Não possuir vínculo empregatício; não ter concluído nenhum curso superior; ter no mínimo 16 anos; e, no caso de estudantes de nível superior, ter concluído ao menos 2/3 do curso.

    O número de vagas foi determinada por cada um dos órgãos do governo, tendo em vista uma programação anual. A maior quantidade delas é para a Secretaria de Educação, 1.336 (todas para nível superior). 

    Para estudantes de nível médio técnico, o maior número de vagas se encontra na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), 150. 

    Já para o nível médio, o maior número de vagas encontra-se na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), 65. 

    Link para se inscrever: CLIQUE AQUI.

    http://maisfuturo.educacao.ba.gov.br/permanencia

    Fonte: Ibahia.