sábado, 12 de novembro de 2016

Recôncavo News

Mergulhador pode ter encontrado bomba atômica perdida por americanos em 1950

Um mergulhador pode ter descoberto, por acidente, uma bomba nuclear perdida perto do arquipélago Haida Gwaii, na costa oeste do Canadá. Sean Smyrichinsky estava mergulhando para procurar pepinos do mar quando encontrou um grande dispositivo de metal que, segundo ele, lembrava um disco voador. O Departamento Canadense de Defesa Nacional (DND, na sigla em inglês) acredita que possa se tratar de uma "arma nuclear perdida" do avião bombardeiro americano B-36, que caiu na área em 1950.
O governo afirma não crê que a bomba contenha material nuclear - as autoridades estão enviando navios ao local para verificar o achado. Smyrichinsky diz que encontrou o dispositivo ao mergulhar na costa da Ilha Pitt no início de outubro - a área fica próxima da fronteira da província canadense de Colúmbia Britânica com o Estado americano do Alasca. Ele contou à BBC que o objeto era "maior do que uma cama king-size", plano no topo, com um fundo arredondado e um buraco no centro, "como um (pão) bagel".
"Encontrei algo muito estranho, acho que é um óvni", brincou Smyrichinsky com seus colegas ao voltar para a costa. A área é remota, e o mergulhador conta que teve que esperar alguns dias antes de voltar à cidade e encontrar alguém que pudesse saber do que o objeto se tratava. Um de seus amigos, um "veterano" da área, teve então uma ideia: "Talvez você tenha encontrado aquela bomba nuclear que perderam aqui nos anos 50!". Fonte: Uol.