quarta-feira, 29 de junho de 2016

Recôncavo News

Criança de 4 anos queimada enquanto pai acendia fogueira encontra-se em estado grave

Na manhã desta quarta-feira (29), Laís Santana, tia do garoto Jeanderson Silva, de 4 anos, que sofreu queimaduras quando o pai acendia uma fogueira, na sexta-feira-feira (24) em Feira de Santana, fez um apelo pedindo ajuda para conseguir a regulação do sobrinho e transferência para um hospital que tenha médicos especialistas em queimaduras e vaga na UTI. De acordo com Laís, a criança sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau da cintura pra cima e está em estado grave no Hospital Estadual da Criança (HEC).

Ela afirmou que o hospital tem dado todo o suporte necessário no atendimento ao sobrinho, mas infelizmente não conta com médicos especialistas em queimaduras. O garoto aguarda pela regulação e por uma vaga na UTI, para que a transferência de hospital seja realizada. Muito abalada a tia relatou que a família teme que a situação se agrave ainda mais e pediu ajuda para o sobrinho.

“Ele está internado no HEC em estado grave. A gente está fazendo esse apelo pedindo a transferência com urgência porque ele pode não resistir. Está muito queimado. O Hospital está fazendo tudo que é preciso, com atendimento e medicamentos, mas não tem especialista em queimaduras. Ele tem que ser transferido urgente para Salvador e a gente pede esse apoio. Ele precisa muito dessa vaga, só tem apensas 4 anos de idade e precisa sobreviver”, disse. Fonte: Acorda Cidade.