sábado, 4 de junho de 2016

Recôncavo News

Conheça os perigos de comer carne de porco e qual a forma correta de cozinhá-la para eliminar riscos

Você gosta de carne de porco? Cuidado! Esta carne apesar de saborosa representa um alto risco à saúde. Se ela não for corretamente preparada, existe grande chance de transmissão de perigosíssimos vermes. Recentemente o ex-jogador de futebol Leonardo, que jogou em clubes como Corinthians, Palmeiras e Sport, morreu vítima de neurocisticercose, doença causada pela ingestão de carne de porco mal preparada. A doença é simplesmente a infecção do sistema nervoso central causada pelo embrião do verme tênia. Esta doença é muito séria. Ela afeta gravemente o cérebro.

E é a principal causa de epilepsia adquirida nos países em desenvolvimento. Seus principais sintomas são cegueira, convulsões e dores de cabeça. E atinge cerca de 400 mil pessoas a cada ano na América Latina. A tênia de porco (Taenia solium) infecta as pessoas através de carnes de porco mal cozidas ou contaminadas com fezes. Enquanto ela permanece viva no corpo humano, não é perigosa. Mas, quando entra em contato com o ácido gástrico no estômago, ela morre e se transforma em larvas, cistos chamados oncosferas. As oncosferas podem migrar para dentro do músculo, olhos e cérebro, onde causam inflamação. COMO SE PROTEGER

O ideal é não comer carne de porco. Mas muita gente não aceita essa sugestão. Se este for o seu caso, a dica é só consumir carne de porco feita em casa. A carne deve ser preparada com bastante cuidado. Primeiro deixe na salmoura, junto com um pouco de suco de limão e alecrim. Isso vai iniciar o processo de desinfecção. Depois cozinhe bem a carne. Assim que estiver bem cozida, deixe a carne repousar por três minutos antes de cortá-la. Isso vai ajudar a destruir quaisquer parasitas que possam estar presentes. Além disso, a higiene adequada das mãos também é importante para prevenir a propagação da teníase. Lave sempre as mãos após usar o banheiro. Se você estiver numa área onde o saneamento é deficitário, considere sempre beber água engarrafada ou fervida (em panelas de vidro ou inox). Fonte: Blog Cura Pela Natureza.