sábado, 12 de dezembro de 2015

Recôncavo News

Salvador: Novo mercado de Itapuã é entregue

Depois de mais de dois anos fechado, foi aberto na manhã deste sábado (12) o novo Mercado de Itapuã, em Salvador. Além de contar com estrutura para vender produtos de feiras, como frutas, verduras e carne, o mercado também conta com restaurantes e espaço para expor o artesanato local. Todos os espaços são ocupados por permissionários do antigo mercado público do bairro.

A cerimônia contou com a presença do prefeito ACM Neto, da vice Célia Sacramento, dos secretários e técnicos municipais, demais autoridades e a população. O investimento foi de aproximadamente R$5 milhões e incluiu também a recuperação da praça Áurea Teixeira Barbosa, na área lateral do mercado, além de todo o passeio com piso tátil no trecho entre a praça e a avenida Dorival Caymmi.

Estrutura
 
O projeto foi desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) e teve a coordenação geral da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop).

O novo Mercado Municipal de Itapuã possui três pavimentos, com um total de 54 boxes que abrigam desde modernos restaurantes com vista para o mar até sapateiros, bares, artesãos, mercearias, vendedores de hortifrutigranjeiros, peixarias e produtos da fazenda.

O espaço conta ainda com seis banheiros - três masculinos e três femininos - sendo que dois desses são para uso exclusivo de pessoas com deficiência. Cada permissionário do novo empreendimento poderá empregar de um a dois funcionários por box. A exceção é para os restaurantes, que necessitam de uma maior quantidade de colaboradores devido à demanda de atendimento.

Praça
 
Já a praça Áurea Teixeira Barbosa foi completamente reformada e conta com nova iluminação, calçamento em piso intertravado e concreto lavado, meio-fio e paisagismo. A praça possui 390m² de área construída. Os bancos foram feitos com tecnologia sustentável, utilizando concreto e entulho, e antivandalismo, com possibilidade de recuperação rápida caso sofra pichação, de acordo com o secretário de Manutenção, Marcílio Bastos. Fonte: G1.