Plantão Policial

10 problemas de pele mais comuns em diabéticos


Os diabéticos devem cuidar da saúde da pele, que também é afetada pela doença.

O diabetes é uma doença crônica. Sua principal causa é o excesso de açúcar no sangue.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil é o 5º país com mais casos de diabetes no mundo.

Ela acontece quando há a falta ou má absorção da insulina. Essa, por sua vez, é um hormônio produzido pelo pâncreas. 

Sua função é ajudar a conduzir a glicose para as células, que é convertida em energia.

Porém, o diabetes precisa ser muito bem controlada, pois afeta todo o corpo

Quem sofre com a doença pode vir a sofrer com problemas na pele.

Isso ocorre devido a dificuldade do corpo manter a pele hidratada. 

Quando há excesso de açúcar no sangue, o corpo tenta eliminar pela urina.

E, quem é diabético vai várias vezes ao banheiro. Como consequência, eliminam muito líquido e a pele fica desidratada e ressecada.

Pessoas diabéticas possuem imunidade baixa. Ou seja, o sistema imunológico não funciona adequadamente.

Como consequência, aumentam os riscos de infecções. Elas podem ser causadas por fungos e/ou bactérias.

No caso da infecção por fungo, a mais comum em diabéticos é a candidíase.

Essa condição afeta principalmente locais úmidos e quentes. Como, por exemplo, axilas, virilha, embaixo dos seios, entre os dedos e ao redor das unhas.

Os sintomas apresentados são: feridas avermelhadas, bolhas e coceira.

As infecções causadas por bactérias incluem:

Inflamações profundas na pele, como carbunculose;

Terçol;

Foliculite;

Infecções ao redor das unhas.

Já os sintomas são: calor, manchas vermelhas, inchaço e dores.

Carbunculose: é uma infecção na pele que começa com uma coceira, ferida avermelhada e pus.

Terçol: infecção que atinge as glândulas sebáceas e sudoríparas das pálpebras.

Foliculite: infecção que afeta os folículos pilosos (pelo encravado).

Coceira

A coceira na pele de diabéticos ocorre com mais frequência. 

Ela é decorrente das infecções (fúngica e bacteriana). Mas também, surge devido aos problemas de circulação e ressecamento da pele.

Por isso, recomenda-se manter a pele sempre hidratada. Opte por banhos frios ou com a água mais fresca. Também, use sabonetes neutros.

Importante

Se você é diabético e percebeu uma lesão na pele, procure um médico imediatamente.

O tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível e sob prescrição de um profissional.