Plantão Policial

Adolescentes e criança morrem após serem atingidos por fio de alta tensão durante chuva; veja detalhes


Sophia Emanuelly, Kelvin Michel Madureira e Karina Madureira caminhavam na QNP 24, em Ceilândia, quando cabo rompeu e caiu sobre eles, na última sexta-feira (9). Vítimas eram da mesma família.

Os corpos dos dois adolescentes e a criança que morreram após serem atingidos por um fio de alta tensão que rompeu durante forte chuva em Ceilândia, no Distrito Federal, foram velados e sepultados na tarde deste domingo (11), no Cemitério Campo da Esperança de Planaltina.

O acidente que tirou a vida de Sophia Emanuelly, Kelvin Michel Madureira e Karina Madureira, de 5, 14 e 17 anos, acorreu na noite da última sexta-feira (9). 

Os três eram da mesma família e iam para a casa da avó no Sol Nascente, quando o cabo de alta tensão quebrou e caiu sobre eles, na QNP 24, por volta das 21h.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e ao chegar no local já encontrou as duas meninas mortas.

 Kelvin chegou a ser socorrido por um vizinho que é eletricista e, depois, recebeu massagem cardíaca dos militares, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil e técnicos da Neoenergia também estiveram no local para fazer a perícia e investigar as causas do acidente. O resultado deve sair em 10 dias.

O caso é investigado pela 23ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia. 

De acordo com o delegado Luiz Gustavo, uma segunda perícia será feita pela equipe de engenharia legal e meio ambiente da corporação para apontar como os fios se romperam e se faltava manutenção adequada na instalação da rede elétrica.