Plantão Policial

Humorista Eddy Jr. sofre ataque racista em condomínio: 'Cai fora, macaco'; Vídeo


O ator, músico e humorista Eddy Jr. compartilhou um vídeo em que aparece sofrendo ameaças e ofensas racistas no condomínio em que mora na Barra Funda, bairro da zona oeste de São Paulo. Em contato com Splash, o artista disse que denunciou a autora das ofensas.

Segundo o relato compartilhado no Instagram, Eddy afirmou que o desentendimento com uma moradora começou após ela se recusar a entrar no mesmo elevador que uma pessoa negra

"Cai fora, macaco", diz a mulher na gravação feita pelo ator durante a madrugada de hoje. Na sequência, ele afirma que sofreu outras ofensas, mas que o discurso da moradora mudava no momento em que ele iniciava as gravações. 

"Macaco, imundo, feio, urubu, neguinho, um 'perigoso' que não merece morar aqui, uma pessoa que oferece riscos para os moradores desse condomínio.

Foi isso tudo que eu tive que ouvir ontem por ser preto. Para finalizar, tive que ficar dentro da minha casa sofrendo ameaça de morte e calúnias sobre mim novamente por ser preto", disse no relato publicado na rede social

O registro também mostra a moradora chamando o humorista de "bandido", "ladrão" e "imundo". Ela manifesta o desejo de não subir no mesmo elevador que o artista em conversa com um funcionário do condomínio mostrada no vídeo.

Na sequência, Eddy mostra um protesto da moradora na porta de seu apartamento. Além de ser ameaçado, o artista também foi acusado de roubar itens de outros moradores

"Não sei descrever o que estou sentindo. Venci fazendo as pessoas sorrirem, e isso não vai mudar. Vou continuar fazendo vocês sorrirem. Porém, agora vai ser um pouco mais difícil", completou Eddy

"A administração não deu assistência depois que tudo aconteceu. 

Só procuraram para conversar depois que os vídeos foram publicados. É triste ver que não se posicionam.

Seria muito diferente se fosse ao contrário, uma pessoa negra ofendendo uma moradora branca", afirmou. A reportagem também busca contato com o condomínio United Home. O espaço permanece disponível caso a administração se posicione publicamente sobre o caso. 

O assessor artístico afirma que Eddy abriu um boletim de ocorrência contra a moradora, mas não informou em qual delegacia da capital paulista foi feita a denúncia. "Ele não está legal. Conversou com a mãe dele, que chorou muito no telefone. Eles são de uma família muito humilde, é triste ver que o Eddy passa por isso só por trabalhar e conquistar muitas coisas", completou. 

Segundo o relato, atritos no condomínio envolvendo Eddy acontecem há semanas. O humorista chegou a ser multado após a mesma moradora reclamar de som alto no local. "Ela me acusa de ter hackeado a internet do prédio para desligar a geladeira da casa. 

Já disse que eu desliguei a luz e deixei a casa sem gás por um mês", comentou o ator durante a conversa de Jonathas com a reportagem