Plantão Policial

Corpo de Emílio Santiago Será exumado hoje, nove anos após sua morte, para suposto filho fazer DNA

Nove anos após a morte do cantor Emílio Santiago, o corpo do artista será exumado na manhã desta quinta-feira, 19. À tarde, o suposto filho do cantor, o produtor Aleksander Nunes, hoje com 43 anos, deve realizar um teste de DNA para confirmar, ou não, se é herdeiro do músico.

Aleksander aguarda desde 2013 que a Justiça lhe conceda uma autorização para fazer o teste de DNA. Em 2019, o produtor, chegou, inclusive, a tentar arrecadar o dinheiro por meio de uma vaquinha virtual para pagar os custos do exame.

O objetivo era levantar o valor de R$ 15 mil para pagar a exumação do corpo de Emílio e colher material genético para fazer exame de DNA. Só assim Aleksandre poderá comprovar o grau de parentesco, já que ele foi criado pela mãe e pelo padrasto sem saber que era filho do artista.

Aos 26 anos de vida, quando descobriu que poderia ser filho de Emílio Santiago, Aleksander procurou o pai biológico, mas nunca foi reconhecido legalmente como filho, tampouco passaram por exames de DNA quando o cantor era vivo.

Na época, o suposto filho de Emílio desabafou sobre a dificuldade que enfrentava: "Estou perdido. Já dei entrada na Justiça, mas o processo não anda. Eles já tinham que ter decretado o direito de fazer esse procedimento. Quero acabar logo com essa incerteza. Meus filhos estão sofrendo na escola com toda essa história. Os coleguinhas ficam debochando e cobrando se eles não são netos do Emílio Santiago".

Dezoito meses após a morte de Emílio, Aleksander fez o primeiro teste de DNA com a meia-irmã do cantor. O laudo apontou o resultado em 63% de certeza do grau de parentesco entre eles. Mas somente uma exumação dos restos mortais de Emílio poderia comprovar com uma porcentagem maior.

Tempos depois, o produtor fez outro exame com material genético de Santiago que teria sido guardado antes de sua morte, mas o resultado apontou apenas 12% de chance de o cantor ser seu pai.

Agora, Aleksander finalmente conseguiu autorização da Justiça para que a exumação do corpo de Emílio fosse feita e, assim, pudesse comprovar, ou não, o parentesco com o músico.