Plantão Policial

UFRB avança em conceito na avaliação dos cursos de pós-graduação


Os cursos de pós-graduação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) alcançaram um resultado inédito na Avaliação Quadrienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), na história da instituição.

O resultado divulgado pela CAPES sobre o período correspondente a 2017-2021 mostrou um avanço significativo na qualidade dos programas de pós-graduação da UFRB, atestando êxito nos investimentos em torno da ampliação e consolidação dos cursos de mestrado e doutorado da instituição.

Os conceitos da Avaliação Quadrienal variam de 1 a 5 para programas que possuem curso de mestrado e somente os programas que têm doutorado podem aspirar às notas 6 e 7, que expressam excelência constatada em nível internacional. Os conceitos 3, 4 e 5 correspondem, respectivamente, a avaliação de “regular”, “bom” e “muito bom”, segundo a definição da CAPES.

Pela primeira vez, o quantitativo de programas de pós-graduação com nota 4 supera o de programas com nota 3. A UFRB teve um crescimento do conceito 3 para 4 em seis programas próprios de pós-graduação e a manutenção do mesmo conceito em outros dois.

Assim, considerando os programas próprios, a UFRB passa agora a contar com oito programas com conceito 4, sendo que, dentre estes, estão as duas pós-graduações que possuem doutorado. Tanto Engenharia Agrícola, quanto Ciências Agrárias, que passou por processo de fusão (com Microbiologia e Solos), mantiveram-se com notas competitivas e com boas perspectivas de crescimento no próximo período.

Dos cinco cursos de pós-graduação avaliados com nota 3, quatro são cursos novos – participam do ciclo avaliativo da CAPES pela primeira vez.

O pró-reitor da PPGCI, professor Maurício Ferreira considerou o resultado obtido pela UFRB como motivo para comemoração diante do cenário atual. “Não tivemos nenhum programa com rebaixamento de conceito e ampliamos significativamente as possibilidades técnicas de incorporar novos doutorados ao nosso sistema, uma vez que um dos critérios para poder pleiteá-los é justamente que o programa possua, no mínimo, conceito 4”, afirmou Maurício.


Mestrados Profissionais

Outra importante avaliação da CAPES para a universidade diz respeito ao aumento dos conceitos dos programas de mestrado profissional. Neste segmento, foram avaliados seis programas, sendo dois novos. De quatro programas já existentes anteriormente, a UFRB conseguiu a ampliação de conceito em três (Defesa Agropecuária, História e Política Pública e Segurança Social). Com isso, a UFRB possui agora três programas de mestrado profissional com conceito 4.

Para Maurício Ferreira, essa situação “é inédita na UFRB”. Segundo ele, pela primeira vez “obtivemos ampliação de conceito em nossos mestrados profissionais, que cumprem papel fundamental no âmbito do Sistema Nacional de Pós-Graduação. Há uma forte reivindicação nacional para que este segmento seja devidamente reconhecido dentro do sistema, sobretudo em torno do fomento. Com o trabalho que vem sendo desenvolvido, a UFRB se posiciona muito bem a partir desses resultados”.


Nota 5

A avaliação propiciou a UFRB ser destaque no ranking de programas de pós-graduação com nota 5, voltando a vigorar no rol das universidades do país que possuem programas próprios, com essa nota, com o desempenho atingido pelo Programa de Recursos Genéticos Vegetais (RGV). O resultado obtido pelo programa de RGV reflete a parceria, dedicação e compromisso no trabalho desenvolvido pelas pesquisadoras e pesquisadores da UFRB e da Embrapa, uma vez que se trata de um programa em associação entre as duas instituições públicas. Maurício disse que “essa parceria é fundamental para a ampliação da excelência. O programa de RGV se posiciona muito bem para a incorporação de um doutorado. Estamos trabalhando firme neste propósito”.


Outros Campi

No âmbito do processo interno de expansão da pós-graduação, é importante frisar que a universidade conseguiu, pela primeira vez, superar a nota 3 em cursos de mestrado situados fora de Cruz das Almas, isso porque três programas do Centro de Artes, Humanidade e Letras (CAHL) atingiram o conceito 4 (Comunicação, Ciências Sociais e História da Diáspora e dos Povos Indígenas).

O reitor da UFRB, professor Fábio Josué, considerou positivamente os conceitos obtidos pela instituição na avaliação da CAPES: “Estes resultados merecem grande comemoração!!! As notas alcançadas traduzem o resultado do empenho, da dedicação e da competência do conjunto dos pesquisadores e pesquisadoras, discentes e técnicos administrativos, colaboradores terceirizados, a liderança das coordenações de curso, gestores e gestoras dos Centros e da PPGCI, somados aos esforços institucionais da Administração Central, tais como assistência mais direta aos programas, apoio à ampliação da produção acadêmica através de editais da EDUFRB, disponibilização de bolsas de mestrado e doutorado custeadas com recursos próprios da Universidade, através do Programa de PPQ-PÓS. Estou extremamente feliz e orgulhoso do desempenho dos programas de pós-graduação da UFRB! Parabéns a toda comunidade acadêmica da UFRB, especialmente às Coordenações dos Programas e à PPGCI!”.

O reitor reitera afirmando que “juntando os resultados alcançados aos novos APCN´s que estarão sendo submetidos à CAPES, esperamos um crescimento qualificado de programas de pós-graduação em toda a UFRB, cumprindo assim uma importante etapa de consolidação de nossa universidade”.

Além dos resultados aqui divulgados, a UFRB aguarda a publicação final dos conceitos dos Programas de Pós-graduação em rede, o que deve acontecer em breve. A expectativa é de resultados positivos nestes programas. 


Fonte: https://fortenanoticia.com.br/

UFRB avança em conceito na avaliação dos cursos de pós-graduação