Plantão Policial

Policial militar é resgatado do tribunal do crime após ser sequestrado em baile funk; vídeo


Agente foi sequestrado em festa em Osasco (SP) por quatro suspeitos. A noiva do agente foi libertada em Jundiaí

Um policial militar foi resgatado de tribunal do crime na tarde desta segunda-feira (19), em Franco da Rocha, região metropolitana de São Paulo.

Ele havia sido sequestrado em um baile funk no domingo (18) e estava sendo levado para um julgamento pelos criminosos.

A namorada dele, também sequestrada, acabou libertada em Jundiaí.

Segundo informações da polícia militar, o cabo Beuristton Gomes Silva estava acompanhado da  namorada em um baile funk na rua Bem-Te-Vi, no Jardim Marieta, em Osasco, também na região metropolitana.

O policial trabalha na área administrativa do Comando de Policiamento de Área Metropolitana 8 e estava de folga.

Em dado momento houve um desentendimento entre o policial e os frequentadores do local. Informações do Cidade Alerta, da Record TV, dão conta de que os suspeitos já sabiam o nome do policial, o que mostra que o crime poderia ter sido planejado.

Beuristton foi sequestrado por ao menos quatro suspeitos juntamente com a namorada, e os dois foram espancados durante a madrugada, segundo o relato do agente.

Na manhã desta segunda-feira (19), um carro modelo Celta com queixa de roubo passou por um radar "inteligente" na região de Osasco, dando início a um acompanhamento.

Em Franco da Rocha, o carro foi avistado, e teve início uma perseguição após o condutor não obedecer a ordem de parada. O veículo se envolveu em um acidente pouco 

De acordo com os policiais, o cabo estava sendo conduzido ao tribunal do crime, que funciona como um julgamento realizado por integrantes de facções criminosas.

O caso é investigado.