Plantão Policial

Mulher que se diz "viciada em sexo" fica com vibrador preso no reto e precisa ser internada


Uma mulher acabou ficando com um brinquedo érotico preso na região anal e teve que ser internada para conseguir retirar o assessório. A situação inusitada aconteceu com uma mulher chamada Brittany, que mora no Alabama, EUA. A história veio à público após sua participação em um programa britânico.

Brittany contou sobre a vez que ficou com um vibrador de 20 cm preso no reto enquanto se masturbava. A mulher contou que desde 2019 vem lidando com um vício em sexo, desde que terminou um relacionamento. Desde então, utiliza diversos brinquedos sexuais para descobrir novas formas de sentir prazer. As informações são do programa “Stuck”, do canal Quest Red.

Durante uma busca na internet, se interessou por um vibrador e o comprou. “Encomendei um vibrador azul, com um formato de esferas", disse. Segundo ela, o tamanho aumentava a cada esfera. 

Após começar a usar, durante um banho e usando bastante óleo lubrificante, o brinquedinho entrou e não conseguiu mais sair. "Entrei em pânico por uns 20 minutos", revelou. Após não saber mais o que fazer, ela ligou para a emergência e foi encaminhada para um cirurgião.

O médico se espantou com a situação em que a moça se encontrava e explicou que o incidente aconteceu por estar em uma área propícia a sucção. "O reto é projetado para manter as fezes fora da região do ânus. Se alguém colocar algo mais além dessa parte, será sugado em direção ao intestino", disse..

Segundo o Dr. Crawford, Brittany teve sorte do objeto não ter provocado lesões ou sangramentos. Para remover o vibrador azul, ele usou pinças metálicas para puxá-lo para fora do corpo da mulher. Com informações do Aratuon.