Plantão Policial

Homem morre de overdose de cafeína após consumir o equivalente a 200 xícaras de café


Um personal trainer britânico morreu após tomar o equivalente a 200 xícaras de café de cafeína em pó. De acordo com informações da emissora BBC, Tom Mansfield, de 29 anos, calculou mal a quantidade de pó que deveria usar na balança de cozinha e teve uma overdose. 

O caso aconteceu em janeiro de 2021, quando Tom passou mal, apertando o peito e reclamando de muitas dores, além de dizer que o coração estava batendo muito rápido. Em seguida, ele começou a espumar pela boca. Após ajuda da esposa e dos vizinhos, os paramédicos tentaram ressuscitar o jovem por 45 minutos, mas não conseguiram.

O legista responsável concluiu que a causa da morte foi a toxicidade da cafeína. O inquérito apurou que a balança que Mansfield usou para pesar o pó de cafeína tinha uma faixa de pesagem de dois a 5 mil gramas, enquanto ele queria pesar uma dose na faixa de 60 a 300 miligramas. Graças ao erro no cálculo, o personal sofreu uma overdose, já que o valor mínimo medido pela balança da vítima era mais de seis vezes a dose máxima recomendada para o corpo.

Uma autópsia mostrou que Tom tinha de 392 mg de cafeína por litro de sangue, quando os níveis normais seriam entre dois e quatro miligramas por litro, caso alguém tivesse bebido apenas uma xícara de café. Com informações do G1.