Plantão Policial

Epicentro da pandemia, China volta a ter medidas restritivas severas após maior surto desde início da Covid-19


Nesta terça-feira (15/3), cerca de 30 milhões de pessoas precisaram ser novamente confinadas na China, após registrar o maior surto de Covid-19 desde o início da pandemia.

Dados da Comissão Nacional de Saúde (CNS) mostram que o país registrou 5.280 casos da doença nas últimas 24 horas. Cerca de 13 cidades terão que enfrentar novamente um lockdown e várias adotaram fechamentos parciais. 

Com as restrições, o país conseguiu conter as infecções após a primeira onda da doença no final de 2019 na cidade de Wuhan, mas recentemente vem enfrentando inúmeros focos que estão vinculados à variante Ômicrom. 

Esta terça-feira já é o sexto dia consecutivo onde o balanço de casos por dia supera mil contágios. Em relação a outros países, os números são baixos, no entanto, por conta da estratégia "covid zero" adotada pela China, até o menor foco é enfretado com medidas severas. Com informações do Aratuon.