Plantão Policial

Trabalhador recupera R$ 72 mil após pedir revisão do FGTS


Mesmo que o julgamento da revisão do FGTS tenha sido suspenso, sem previsão para acontecer, alguns trabalhadores viram o atraso como oportunidade de analisar o seu caso e dar entrada em uma ação judicial. A perspectiva é que mais de 70 milhões de brasileiros tenham sido prejudicados pela falta de atenção adequada ao saldo depositado nas contas. E um desses trabalhadores conseguiu recuperar R$ 72 mil após pedir a revisão do fundo. Então, para saber mais.

Assim, para quem não sabe, o saldo do FGTS não se limita aos valores depositados e que ficam retidos em contas ativas e inativas até que o trabalhador se torne elegível para retirar o dinheiro. Durante esse período em que ficam retidos, os valores também passam por um rendimento, que permite que o cidadão possa fazer o saque com alguns acréscimos.

Sendo assim, a revisão do FGTS é feita com base na correção monetária da taxa referencial (TR) perante os juros anuais na margem 3%. Essa seria a taxa ideal para incidir sobre o FGTS, mas a realidade é outra. Na prática, a taxa referencial está zerada desde 2017. E esse é um dos motivos que faz com que os trabalhadores solicitem a revisão.

Por fim, até o momento, cerca de R$ 2 bilhões já foram obtidos para clientes pela revisão do FGTS. A média de valor para cada um gira em torno de R$ 10 mil. No caso do trabalhador que conseguiu recuperar os R$ 72 mil, o valor foi bem acima do que geralmente se consegue. Importante: terão direito a solicitar a correção somente os trabalhadores que resgataram parcial ou integralmente o saldo em conta a partir de 1999.