Plantão Policial

Médica que tinha 16 mil seguidores no Instagram é encontrada morta e fotos do corpo são divulgadas no WhatsApp


Uma médica dermatologista, identificada como Fabrícia Marques, foi encontrada morta dentro de um hotel de luxo em Petrolina - cidade pernambucana que faz divisa com Juazeiro, a 510 km de Salvador -. A vítima foi localizada na quinta-feira (6/1) e a Polícia Civil já iniciou as investigações. Familiares devem ser ouvidos nos próximos dias. 

Fabrícia atendia em Petrolina e era uma das dermatologistas mais conhecidas da região do Vale do São Francisco. No Instagram, o perfil da clínica, que levava seu nome, tem pouco mais de 16 mil seguidores. Horas após a confirmação da morte, médicos e pacientes lamentaram o ocorrido, por meio de publicação nas redes sociais.

"Que isso! Estávamos juntos até pouco tempo atrás. Mulher batalhadora! Como assim", questionou um colega. "Meus sentimentos a toda família e equipe. Que você encontre a Luz divina, minha querida amiga", completou outra. 

A polícia trabalha com a hipótese de suicídio, já que uma carta teria sido encontrada no quarto do hotel. O teor não foi divulgado. Ainda nas redes sociais, pessoas reclamaram pela exposição de fotos da médica, já sem vida, que circularam no WhatsApp. Essa ação também deve ser apurada pela delegacia que acompanha o caso. 

Não há informações sobre data e local do enterro do corpo da dermatologista. O perfil no Instagram, porém, confirmou que será reservado apenas para familiares e poucos amigos. Com informações do Aratuon.