Plantão Policial

Internada há 3 dias, mãe espera para retirar bebê morto na barriga


Internada há 3 dias no Hospital Clélia Rebouças, na cidade de Mutuípe, a jovem identificada como Edirlane Souza Lago, aguarda a retirada do bebê que está morto na barriga, segundo denúncia de familiares.

Conforme denúncia, a jovem estava aguardando para fazer uma cesariana no dia 08 de janeiro, no entanto, conforme a família, em um exame de ultrassonografia, houve indicativo de que o bebe estaria morto.

A família informa ainda que, não médico plantonista na Unidade e os enfermeiros não dão nenhuma informação.

“Ela está lá até hoje não foi atendida ainda para tirar a criança, a equipe do hospital parece pouco se importar. Minha cunhada corre risco de pegar uma infeção e perder a vida também”, fala.

Ainda de acordo a denúncia, apesar de que o Hospital tenha aguardado a jovem fazer a expulsão do feto de forma natural, a família teme pela vida da grávida.  Ainda não se sabe o que ocasionou a morte da criança.

“Ela veio para a maternidade no sábado (08) , fizeram uma ultrassonografia e descobriram que o bebê estava morto. Depois eles a internaram e até agora nada. Ela só está sofrendo. É preciso com urgência retirar o bebê com urgência. Onde está a empatia das pessoas. Quem se responsabilizará se algo mais grave acontecer, por que o bebe já se foi, querem também matar a mulher”, questiona. Com inforamções do Blog do Valente.