Plantão Policial

Marido de professora presa por sexo com aluno de 15 anos diz que vai perdoá-la quando sair da cadeia


O marido da professora britânica Kandice Barber, de 35 anos, prometeu esperá-la sair da cadeia depois que ela for condenada a seis anos e dois meses de prisão por ter feito sexo com um aluno de 15 anos.

Amigos afirmam que o marido, Daniel, de 38 anos, está sob "feitiço" da professora, depois de prometer ficar com ela, com quem tem três filhos, após o caso de abuso sexual.

A mãe de três filhos, moradora de Wendover (inglaterra), foi rotulada nas redes como "acima de desprezível" depois que ela "preparou" o adolescente de 15 anos para o seu "próprio prazer sexual".

Um amigo de Daniel garantiu ao "Sun" que o marido da professora não desistirá do casamento.

Durante o julgamento, Daniel disse em tribunal que o seu casamento estava tão forte como sempre esteve, acrescentando que tinha "fé total" nela. Kandice chegou a acusar o aluno de estupro e o ameaçou fisicamente se ele revelasse a algúem sobre a relação sexual.

"Toda a provação tem sido muito difícil para ele, mas ele permanece leal à esposa e está disposto a apoiá-la e esperar", disse o amigo, sob condição de anonimato. "Para ele, quando eles se casaram, foi para sempre e ele estará lá esperando Kandice quando ela sair da prisão", acrescentou.

Porém Daniel não tem apoio dos amigos na decisão. Alguns deles disseram ao "Sun" que é "errado" que ele a esteja apoiando depois que ela fez sexo com o aluno em um campo, longe da cidade, e mandou fotos em que aparece seminua.

Um amigo disparou:

"Não tenho ideia de por que diabos ele ainda está com ela. Ninguém o culparia se saísse direto pela porta de casa depois da maneira como ela o tratou."