Plantão Policial

Jovem morto pela PM em São Félix trabalhava como barbeiro


Um jovem foi morto a tiros durante uma ronda de policiais militares na madrugada deste domingo (6), na cidade de São Félix, na região do Recôncavo. A vítima, identificada como Davi Oliveira, de 23 anos, trabalhava como barbeiro e o caso mobilizou a população do município. 

Revoltados, moradores colocaram fogo em pneus na entrada da Ponte Dom Pedro II, a histórica via que liga à cidade de Cachoeira. 

O prefeito de São Félix, Alex Aleluia (DEM), emitiu nota lamentando a morte de Davi. A polícia disse ter encontrado arma e drogas com ele, mas a família nega o envolvimento do jovem com o crime. Davi tinha duas barbearias, deixou esposa e um filhinho de um ano.

De acordo com a Polícia Militar, policiais da 27ª CIPM (Cruz das Almas) estavam realizando rondas no município quando teriam se deparado com dois indivíduos numa moto. Ao perceber a aproximação da viatura, a dupla teria efetuado disparos contra a guarnição, que revidou. A PM disse que, ao fim dos tiros, um homem foi encontrado caído no chão e levado para o Hospital de São Félix, onde foi constatado o óbito.

Com ele, os militares disseram ter encontrado um revólver, dois tabletes de maconha, sete trouxinhas da mesma droga, 153 pinos vazios para acondicionar cocaína e a própria moto que usavam. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Cruz das Almas. Com informações do site Correio 24hs.