Plantão Policial

Após 24 dias, idoso de 100 anos com Covid-19 se recupera e deixa UTI

O seringueiro aposentado Walderir Pacheco Nascimento, de 100 anos, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Juruá, interior do Acre, onde ficou internado por 24 dias com a Covid-19.

A saída do idoso da UTI, que ocorreu na terça-feira (29), foi celebrada com alegria e alívio pelos profissionais de saúde da unidade e os familiares. Agora, o tratamento de Nascimento segue na enfermaria do hospital.

O idoso foi internado no último dia 7 com febre, cansaço, falta de ar e dor de cabeça. Ao G1, o filho dele Francisco Pinho explicou que o pai não tem nenhuma doença preexistente e ficou na UTI por falta de oxigênio.

"Não tem colesterol alto, nem diabetes, pressão alta. É saudável. Não precisou ficar nem entubado, graças a Deus. Se recuperou bem", falou emocionado o filho.

O aposentado mora com a esposa e o filho, mas apenas ele pegou o novo coronavírus. Pinho acrescentou que a família estava tomando todos os cuidados para evitar a contaminação.

"Não sei como pegou, a gente não sai. Esses dias foram apreensivos, de muita angústia, adrenalina e ansiedade. Mexe muito com a gente, com o psicológico. Graças a Deus pedimos muito e vencemos", comemorou.

Após o pai ter alta da UTI, Pinho disse que saiu do trabalho e foi cuidar do aposentado. Ele acredita que o pai deve receber alta do hospital até quinta (2). "Ele está muito bem, melhorou a fala. Está reagindo bem, disse que está com muita saudade da família, mas hoje estou com ele e ligamos para os familiares. Acredito que até amanhã a gente saia", finalizou. Com informações do G1.