Plantão Policial

Maior do mundo: China inaugura telescópio FAST de 500 metros

O Radiotelescópio Esférico com Abertura de 500 Metros (FAST, na sigla em inglês), como é chamado oficialmente, é conhecido como o "olho da China no céu". 

Com 500 metros de diâmetro, ele desbancou o radiotelescópio Arecibo, em Porto Rico, apontado até então como o maior da categoria, com 305 metros de diâmetro.

O FAST começou a ser concebido nos anos 1990. Em 2016, foram realizados seus primeiros testes operacionais e, em um anúncio recente da agência oficial de notícias Xinhua, o governo informou que agora está em pleno funcionamento e disponível para os astrônomos de todo o mundo.

Qual será a missão do FAST?

Os criadores esperam que os sinais captados pelo radiotelescópio sirvam para revelar mistérios relacionados à origem e à evolução do Universo.
Suas tarefas estarão relacionadas à busca de ondas gravitacionais, exploração de matéria escura e captura de sinais que possam indicar a existência de civilizações extraterrestres.

Um dos aspectos que mais animam os cientistas é a capacidade do FAST de detectar "rajadas rápidas de rádio" (FRB, na sigla em inglês), eventos de energia intensa que duram apenas milissegundos.

A origem das FRB ainda é um mistério para os astrônomos, então qualquer progresso nesta área será muito bem-vindo.

"O FAST será uma excelente ferramenta para detectar e estudar as FRBs mais fracas", diz à BBC News Mundo, serviço em espanhol da BBC, Victoria Kaspi, astrofísica da Universidade McGill, no Canadá.

"Vai nos oferecer pistas sobre seus mecanismos de emissão e talvez sobre a natureza de sua origem."

O FAST é capaz de captar ondas de rádio em uma área duas vezes maior que o telescópio Arecibo. Com informações do site BBC News.