Plantão Policial

Filho de apresentador da Globo ameaça se matar e acusa pai de abusos: “Monstro”

O filho do apresentador do Globo Esporte, Alex Escobar, utilizou as redes sociais para contar problemas pessoais e acusar o pai de abusos. No Twitter, Pedro Escobar, de 19 anos, contou que sofre de depressão há cinco anos e que o pai teria deixado de falar com ele por três meses após descobrir que ele é homossexual. Conforme o jovem, ele vem sofrendo com a rejeição do pai.

“Em dezembro de 2017, eu tive uma tentativa de suicídio onde eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nessa ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que eu sou um ingrato por fazer isso” contou.

Pedro continuou dizendo que Alex não estaria pagando a pensão que deveria, baseado no salário que supostamente recebe. “O salário dele é de R$ 80 mil e, fazendo os cálculos, ele deveria me dar R$ 5,3 mil (por dividir com a minha irmã) por mês até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano”, completou.

O jovem ainda ameaçou se matar a qualquer momento e chamou o pai de “monstro”. “Estou a beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como ‘mimimi’. Esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como ‘mimimi’. Eu não tenho renda para entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso venho aqui pedir socorro aos meios de comunicação”, finalizou.

O jornalista negou as declarações do filho. Em conversa com a coluna de Leo Dias, no UOL, Alex Escobar disse que o filho está mentindo e que ele tem a consciência limpa. “Como me defender de uma coisa que eu não sou? Que eu não faço? Estou sendo injustiçado. E é a minha palavra contra a dele, infelizmente. Pergunta para as pessoas que me conhecem, que convivem comigo, nossa família. (…) Estamos todos muito tristes. É muito injusto”, afirma.