Plantão Policial

Como fazer internacionalização para PME?

Planejar um projeto para internacionalização torna as empresas mais robustas e amplia a base de clientes.
Porém, muitos acreditam que a internacionalização é possível apenas para os grande players do mercado, sendo que isso não é verdade.

As pequenas e médias empresas podem se internacionalizar. O segredo está na estratégia.

Neste post entenda o porquê você deve internacionalizar sua empresa e descubra como traçar um plano de internacionalização.

Por que internacionalizar a empresa?

Os empreendedores costumam enxergar a internacionalização somente em situações negativas, como por exemplo, um mercado que apresenta estagnação ou um cliente que deseja serviços e produtos em outro país.

Então, geralmente, as razões que levam a internacionalização são:

Possibilidade de aumentar as vendas da empresa;

Conquistar clientes estrangeiros;

Compensar um declínio ou saturação do mercado e/ou marca.

Veja que as motivações são reativas, o que é totalmente desnecessário.

As pequenas e médias empresas precisam ser mais proativas e pensar que, com a internacionalização, será possível:

Aproveitar o crescimento ou do desenvolvimento de outros mercados;

explorar economias de escala e alcance e;

ganhar conhecimento sobre outros clientes, mercados, competidores e, até mesmo, a diversidade cultural.

Como começar o plano de internacionalização?

A pequena e média empresa deve pensar na vantagem competitiva que deseja conquistar em novos mercados. É importante também ter bem definido as seguintes questões:

Em quais mercados entrar?

Com qual estratégia?

Com que tipo de estrutura?

Após essa etapa, a empresa precisa agregar um valor melhor do que seus concorrentes, seja oferecendo diferenciação suficiente ou um preço melhor.

Além disso, é necessário também se adaptar às diferentes culturas, idiomas, religião e normas administrativas do país, bem como aos diferentes modos de consumo, competição e distribuição.

Vale lembrar que entrar em um mercado simplesmente para vender não é o mesmo que entrar para usá-lo como uma base de fabricação ou fornecimento.

Cada empresa é única, cada projeto é diferente e cada país é um mundo em si. Pense nisso na hora de traçar um plano estratégico de internacionalização.

Como traçar uma estratégia de internacionalização?

Para planejar a estratégia internacional, é preciso levar em consideração:

A estratégia de adaptação, que consiste em aumentar a renda e a participação de mercado, adequando produtos e serviços ao contexto local. Neste caso, é importante encontrar a correta adaptação do modelo de negócios e do produto ou serviço oferecido ao públic e mercado alvo.

A estratégia de agregação para a economia de escala.

A estratégia de arbitragem para explorar as diferenças entre os mercados nacionais e regionais.

Conclusão

Vimos neste post que a internacionalização para pequenas e médias empresas é totalmente possível, basta traçar um plano estratégico válido.

A decisão de internacionalizar não é simples, mas sim um processo longo e complexo. No entanto, a longo prazo, provavelmente o mais arriscado é a sua empresa não se internacionalizar.

Se gostou, compartilhe com seus colegas e deixe seu comentário!