Plantão Policial

Morre em Cruz das Almas o radialista Silvestre Caldas

Morreu na noite deste domingo (26)  aos 78 anos o radialista cruzalmense Silvestre.

Ele estava internado na Santa Casa de Misericórdia, com insuficiência cardíaca grave. 

Conhecido pela frase “Quando eu acerto ninguém se lembra, mas quando erro, ninguém se esquece”, Silvestre formou muitos profissionais da comunicação. 

Em sua trajetória, trabalhou em várias emissoras da região e atualmente estava apresentando o programa ‘Microfone Aberto’ na Santa Cruz FM.

O corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores, situada na Rua João Gustavo da Silva, centro de Cruz das Almas. O sepultamento será às 14h desta segunda-feira (27), no cemitério local.