Plantão Policial

O custo da fraude no e-commerce na atualidade

Atualmente as fraudes eletrônicas representam uma grande ameaça tanto às grandes empresas quanto para as pessoas físicas
As compras pela internet já são rotina dos brasileiros. Só no 1º semestre de 2018, o comércio eletrônico faturou R$ 26,3 bilhões de acordo com o relatório Webshoppers.

Uma novidade é o aumento expressivo do uso de smartphones para realizar as compras: cerca de 32% das operações ocorreram através de dispositivos móveis.

Os cartões não são os únicos vilões: o e-commerce também sofre com invasões que roubam senhas e dados cadastrais dos clientes, golpes aplicados através de boletos bancários e com falta de segurança nas transações por dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Não estão entrando na conta a perda de estoque, os custos com chargeback e mesmo a imagem e valor das empresas perante o público, que perde faturamento com a imagem negativa em um momento do mercado em que as compras online estão cada vez mais comum e a pesquisa sobre experiências de outros clientes na loja é parte do processo de compra de praticamente todos nós.

Como prevenir fraudes?

É impossível pensar em mecanismos que bloqueiem 100% das fraudes. Mas as empresas podem começar a agir com o intuito de conseguir atingir o máximo de vendas com o mínimo de ataques e fraudes cibernéticas. Portanto, algumas dicas para a prevenir são:

       Novos modelos de tecnologia integrada;
       Monitore todos os ambientes de ponta aponta;
       Invista em ambientes seguros de compras;
       Conheça sua dinâmica de vendas;

A New Space trabalha com Inteligência Cibernética identificando potenciais riscos através de dados concretos, capacitando a equipe para definir uma estratégia eficaz e assertiva para monitoramento e combate de fraude. Além do mais, possui custódia de mídias em sala-cofre, onde dispõe de controle de temperatura umidade e atendimento 24 horas.

Contrainteligência: como usá-la na prevenção de fraudes no e-commerce

Os ataques cibernéticos e fraudes aos e-commerce são uma batalha constante para as empresas que mantém seus negócios online.

Apesar de um ambiente com zero fraudes ser impossível de alcançar, é possível analisar, prevenir e utilizar de inteligência cibernética para diminuir os riscos, impedir fraudes e proteger o patrimônio e a marca das empresas no mercado.

A contrainteligência entra como estratégia específica de investigação para a tecnologia. Comparada à investigação, a contrainteligência pode ser usada no processo de entender onde e como ocorrem as falhas, além de traçar um perfil e um comportamentos dos fraudadores, desde métodos mais utilizados, períodos de atuação, alvos preferidos etc.

Por que utilizar a contrainteligência?

É possível definir a contrainteligência como “a tomada de decisões especializadas em obtenção de dados para análise com intuito de produzir conhecimento e tornar mais ágil as ações de contra-ataque no ramo dos negócios”, de acordo com Relatório de Fraude e Risco produzido pela NS Prevention, setor de inteligência cibernética do Grupo New Space.

Em um recente procedimento de investigação realizado pela New Space, ficou constatado que as fraudes perpetradas eram descobertas após cerca de 60 a 90 dias do ocorrido. Com um processo de contrainteligência, a detecção de erros e riscos caiu para 10 minutos após a inserção dos dados para a operação em questão.

O grande diferencial da contrainteligência é a combinação de entre análises de dados, análises dos negócios dos clientes e de monitoramento direto de ambientes onde ocorrem troca de informações, venda de dados e outras ações ilegais na internet.

Dessa forma, cruza-se tecnologia com especificidades do mercado específico do cliente e com as ações de fraudes – que estão cada vez mais refinadas e requerem olhar apurado para entender seus processos de atuação.

A contrainteligência é um investimento que vai além do bloqueio de perda financeira direta por meio da fraude. Ela é um investimento também nas brechas de sistemas e de dados, sendo grande aliada do TI na hora de ir modelando os ambientes de forma cada vez mais segura.

No último ano, a New Space preveniu a perda de cerca de 100 milhões de reais de seus clientes através do uso de contrainteligência na prevenção de fraudes a e-commerces.

Ademais, aliado a isso está a preservação da marca e de seus clientes, não sendo expostos a uma imagem negativa no mercado que com certeza irá impactar em suas vendas futuras.