Plantão Policial

Ronda Maria da Penha realiza ações de combate à violência contra a mulher

A Polícia Militar da Bahia (PMBA), por meio da Operação Ronda Maria da Penha, realizou ações de combate à violência contra a mulher nos três circuitos do Carnaval de Salvador 2019. A ação teve como objetivo informar, prevenir e conscientizar a prática do respeito às mulheres para baianos e turistas durante a folia carnavalesca.

Para Mariene Bispo, turista de Aracaju, esta é uma excelente iniciativa. “A PM está de parabéns, pois existem muitas mulheres que são vítimas de todo tipo de violência e, às vezes, nem sabem que estão sendo agredidas. A Ronda Maria da Penha é mais uma porta de acolhimento e uma forma de estimular as mulheres a denunciar os agressores”, declarou.

“Conheço a Ronda Maria da Penha e acho muito importante a Polícia Militar se empenhar para combater essa onda de violência contra as mulheres”, afirmou a foliã Otacília Santos.

Além das ações para o público externo, os policiais militares da Operação Ronda Maria da Penha realizaram palestras para as tropas, antes do início do serviço, para orientar sobre o procedimento adequado no atendimento das ocorrências de violência contra a mulher. Durante o Carnaval, 2.408 policiais militares participaram dos diálogos, sendo 1.126 no circuito Dodô e 1.282 no circuito Osmar.

Os policiais militares atuaram em turnos de 24 horas e foram registradas quatro ocorrências, sendo duas de agressão física no Circuito Batatinha, uma de importunação sexual no Circuito Osmar e uma criança perdida dos responsáveis, também no Circuito Batatinha. Em todas as ocorrências de violência, os agressores foram encaminhados para o posto da Polícia Civil, onde foram registrados os Termos Circunstanciados. Fonte: Ascom/PMBA.