Plantão Policial

Maduro envia tanques militares para a fronteira com o Brasil

Na tarde da última quarta-feira, o governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, começou a mobilizar tropas e tanques de guerra para a fronteira entre seu país e o Brasil, reagindo ao inesperado anúncio de participação brasileira na entrega da ajuda internacional prometida pelo presidente da Assembleia Nacional (AN) do país, Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino, no próximo sábado.

O envolvimento do Brasil na primeira fase da operação foi uma surpresa até mesmo para a oposição venezuelana e levou funcionários brasileiros a mergulharem num ritmo vertiginoso de trabalho em Brasília para organizar em menos de três dias o envio de medicamentos e alimentos à cidade de Boa Vista, em Roraima, doados pelos governos do Brasil e dos Estados Unidos, segundo confirmou uma fonte envolvida no processo.

O Brasil contribuirá com remédios e alguns alimentos. Já os EUA, por uma questão de legislação interna, não podem doar medicamentos, mas sim insumos médicos, além de comida, claro — explicou a fonte. Com informações do site do Jornal O Globo.