Plantão Policial

Lutador Rayron Gracie vem ao Brasil para ver a mãe, espancada durante quatro horas

Filho da paisagista Elaine Peres Caparroz, de 55 anos, espancada durante cerca de quatro horas na madrugada do último sábado, o lutador Rayron Gracie, de 17, mora nos Estados Unidos e, após o episódio, está vindo para o Brasil para ver a mãe. 
De acordo com a família da vítima, os dois conversaram por telefone e Elaine pediu para o jovem retornar e visitá-la no Hospital Casa de Portugal, onde a mulher está internada.

Nesta segunda-feira, o jovem postou uma declaração de amor para a mãe nas redes sociais e ganhou o apoio de centenas de pessoas. Suspeito das agressões, o advogado Vinícius Batista Serra, de 27 anos, foi preso por tentativa de feminicídio.

Segundo Rogério Peres, irmão de Elaine, o esforço agora se concentra em cuidar da irmã e manter o acusado preso:

— Ele não pode voltar para o convívio da sociedade, não pode encontrar outras pessoas e não pode fazer isso com mais ninguém. A família está consternada. 

É uma situação chocante, não tem como a gente prever o que um caso como esse vai proporcionar na família. Meu pai é cardíaco, a minha outra irmã está muito traumatizada. A vida da gente parou para a gente dar suporte e atenção a ela.