Plantão Policial

Os 10 principais erros cometidos na hora da compra de um novo imóvel

Quando falamos em comprar um imóvel muitas questões devem ser levadas em consideração. A paciência, planejamento e pesquisa são fatores essenciais para que você faça uma boa compra sem que transtornos e arrependimentos ocorram no futuro.

Hoje a internet nos disponibiliza diversos sites e portais para pesquisa e escolha de casas ou apartamentos a serem visitados e avaliados. Apesar dessa busca ser um tanto quanto cansativa no final acaba valendo a pena cada minuto.

Na hora da pesquisa é importante que você tenha em mente alguns pontos como a localização de preferência, como está a conservação da residência, quantos cômodos a mesma tem, etc,.

Mesmo com essas “regras básicas” alguns erros podem ser cometidos, por isso separamos neste artigos os 10 erros mais cometidos e que devem ser evitados, confira.

1- Achar que consegue fazer tudo sozinho

O primeiro erro começa aí, achar que sozinho fará um bom negócio e não optar pela ajuda de um profissional. Na hora de conhecer a estrutura da residência é importante consultar um engenheiro civil, arquiteto ou um mestre de obras. Estes poderão te alertar sobre possíveis vazamentos, rachaduras e problemas elétricos no imóvel.

2- Deixar a análise da estrutura e documentação para depois

Analisar a documentação do imóvel e averiguar se as autorizações legais estão devidamente feitas é essencial. Além deste ponto, a relação dos registros referente a área construída, materiais utilizados e detalhes feitos no imóvel podem e devem ser exigidos na hora da compra.

A empolgação e ansiedade pelo novo imóvel pode fazer com que você se perca nesses detalhes. Por isso, tenha sempre os pés no chão e faça tudo com muita cautela.

3- Falta de atenção na hora de redigir as assinaturas

Muitas pessoas acham que nas letras miúdas estão escritas apenas um monte de baboseira e acaba às ignorando. Para esse assunto a ajuda de um advogado pode ser muito viável. Por isso, em caso de dúvidas no contrato e em todas as relações jurídicas em relação ao imóvel procure por um para lhe orientar.

Sabemos que muitas pessoas pensam que isso é exagero porém, algumas corretoras acabam redigindo contratos no qual seus deveres são mínimos e acaba caindo nas costas do comprador responsabilidade totalmente sem sentidos.

4- Não considerar o padrão de vida que você possui

Fazer um cálculo das suas contas básicas é essencial para que você evite grande parcelamentos e dores de cabeça. Avalie sua renda líquida mensal, desconte suas principais despesas e tire suas conclusões se o valor do débito poderá ser arcado de maneira segura.

É importante que toda a sua família também esteja ciente de suas contas e de seus planos.

5- Fazer visitas em apenas um horário

Esse é um ponto que você deve prestar muita atenção. Não faça visitas em apenas um horário, faça em horários diversificados. Ao visitar o imóvel em diversos horários você poderá ver quais locais em que bate mais sol e ver cada canto da casa de uma maneira melhor.

Além desse ponto, você poderá ver também quais são os horários de mais movimentação na rua e barulhos que possam afetar a tranquilidade. Tenha em mente que sua casa será seu lugar de descanso, por isso ela deve ser o mais tranquilo e confortável possível.

6- Não receber uma confiável confirmação por parte do corretor

Não é de hoje que ouvimos relatos de falsos corretores que procuram dar golpes em pessoas de bem. Ao entrar em contato com um corretor procure sempre se informar sobre ele e procurar seu número de registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI).

Além de conferir os dados do corretor, o órgão poderá te ajudar a evitar a contratação de um mau profissional.

7- Não pensar no futuro

É de extrema importância que você avalie se o investimento do momento será viável para o futuro. Para um casal que acabou de se casar uma casa ou apartamento pequeno pode ser uma boa escolha mas, em um futuro próximo onde filhos começam chegar a escolha pode se tornar não tão boa.

Avalie o local, a vizinhança e a estrutura/tamanho da casa, assim você não terá o risco de cometer esse tipo de erro.

8- Deixar para verificar localização após a compra

Evitar gastos com transporte optando por um imóvel perto de seu local de trabalho é uma ótima opção mas, nem sempre isso é possível o que pode formar um gasto a mais. Além desse ponto, o condomínio também deve ser avaliado antes da compra, afinal esse valor será um gasto a mais além do valor da casa.

Deixar para verificar esses dois pontos após a compra é um grande erro, pois isso poderá te dar dores de cabeça em relação ao seu orçamento final.

9- Não conferir as taxas e impostos do imóvel

É importante estar sempre atento ao Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) para que surpresas não ocorram na hora da compra. O IPTU também é outro imposto a ser pago anualmente, em bairros nobres ele pode vir em um valor um tanto quanto salgado. Pesquise bem sobre isso e veja se o custo é acessível ao seu orçamento.

10- Não pensar no momento em que o mercado está passando

Antes de procurar e efetuar a compra de um imóvel em Campo Grande - MS é importante que você fique atento aos preços que circulam o mercado no momento. Veja as vantagens e desvantagens de cada imóvel e confira se tal compra é ou não uma boa oportunidade.

Ao conferir os imóveis em Campo Grande - MS leve em consideração os outros 10 tópicos para que erros e arrependimentos não aconteçam.

Analise com cuidado cada detalhe sobre seu novo imóvel e tenha a certeza de que está fazendo uma boa escolha para você e sua família.