Plantão Policial

Após apuração das urnas, publicitário é afastado da empresa por ofender nordestinos

Após a apuração das urnas nas eleições ocorridas neste domingo, dia 8, o publicitário José Boralli fez uma declaração preconceituosa nas redes sociais contra os nordestinos e foi afastado das atividades.

O diretor da unidade de negócios da agência África fez uma postagem criticando o voto dos nordestinos, que preferiram um candidato rejeitado na maior do país.

“Nordeste vota em peso no PT. Depois vem pro Sul e Sudeste procurar emprego!”, escreveu a mensagem preconceituosa em seu Instagram.

Confira na imagem:
Após a repercussão do caso, o publicitário foi advertido pelo fundador Nizan Guanaes e um dos presidentes, Sérgio Gordilho, os dois nordestinos, nascidos em Salvador.

Devido às especulações negativas, Boralli se arrependeu e pediu desculpas, compartilhando um novo texto no Instagram. “Peço sinceras desculpas a todos que se sentiram ofendidos. A quem eu, por um post infeliz, tenha incomodado. Peça desculpas. Em especial aos nordestinos, tantos que eu inclusive trabalho, minha eterna admiração e respeito”.

Apesar do pedido de desculpas, o publicitário punido. A agência divulgou uma nota de repúdio ao ocorrido e afirmou que tomará providências para evitar tais episódios.

Veja o comunicado na íntegra: