Plantão Policial

Militares do Exército se envolvem em esquema criminoso

Nas palavras de uma juíza, uma verdadeira organização criminosa se instalou em uma das principais unidades do Exército em Minas Gerais - e não foi só uma vez. 

No fim de abril, nove militares se tornaram réus por fraudes em licitações que ultrapassam R$ 300 mil no 4º Depósito de Suprimentos de Juiz de Fora, incluindo um coronel apontado como líder do grupo.

Detalhe é que o esquema, como na Operação Lava Jato, foi descoberto com a ajuda de escutas telefônicas e de outros dois colegas, ouvidos como testemunhas. 

Em 2015, outros 8 militares do 4º DSup foram condenados por desviar quase 50 toneladas de arroz, 13 de leite em pó, além de açúcar, café e carne. Os produtos eram vendidos para mercados da cidade. Com informações do Jornal da Band.