Plantão Policial

Opinião de Bolsonaro sobre morte de Marielle seria polêmica demais, diz assessor

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), o candidato a presidente mais identificado com a questão da segurança pública, não se pronunciou sobre o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL).

Sua assessoria disse que ele está com intoxicação alimentar e não poderia falar. Segundo o assessor, sua opinião seria polêmica demais. Nas redes sociais, o presidenciável tampouco tocou no assunto até a publicação deste texto.