Plantão Policial

Parte do teto e reboco da delegacia de Cruz das Almas desaba assustando moradores

Parte do reboco da parede de uma das celas da Delegacia de Polícia de Cruz das Almas, desabou na noite desta terça-feira, provocando um grande susto nos presos e moradores que residem nas imediações da DP. 

Mesmo com a carceragem interditada pela Justiça desde 2014, 8 presos estavam custodiados na unidade quando houve o incidente, mas ninguém foi atingido pela queda do material, segundo informou a Polícia Civil. 

A explosão de dois recipientes com pólvora é apontado pela polícia como a principal causa do desabamento do reboco de uma das celas e do teto da carceragem, a informação foi confirmada pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (21). 

Ainda segundo o site Forte na Notícia, o barulho provocado pelas explosões foi ouvido por moradores que residem nas imediações do Complexo. 

A apreendido pela Justiça durante a operação do São João do ano passado, o material teria entrado em combustão provocando a explosão e um princípio de incêndio. Investigadores de plantão tiveram que agir rápido para retirar os detentos, que escaparam sem ferimentos. 

Pela manhã familiares dos presos estiveram no local em busca de informações, mas ninguém quis falar com a imprensa. O incidente agravou ainda mais a estrutura física do Complexo Policial que foi inaugurado em julho de 1985, pelo então Governador João Durval Carneiro. Com informações de Paulo Galvão - Forte na Notícia.