Plantão Policial

Sumiço de cabeleireira no interior da Bahia completa 1 ano

O desaparecimento da cabeleireira Deise Santos Oliveira, de 33 anos, tem intrigado a polícia. O desaparecimento da trabalhadora completou 1 ano. Deise saiu de casa em uma bicicleta no dia 20 de fevereiro de 2017 e não voltou mais. 

A mãe, Elenice Brito, chora e diz que ‘não aguenta mais’ e implorou, através de matéria na TV Sudoeste, para que alguém possa informar sobre o paradeiro da cabeleireira. Moradora do Vila América em Vitória da Conquista, Deise é casada e tem dois filhos. 

A polícia já ouviu depoimentos de familiares e do próprio marido, mas até agora não existe pista sobre o paradeiro de Deise. 

“Gostaria de pedir a publicação de 1 ano do desaparecimento de Deise, a família está consternada, sem notícias nenhuma por parte da polícia, já recorreu ao Ministério Público, também a defensoria, mas a resposta é que não pode ser aberto inquérito, pois desaparecimento não constitui crime. 

Recentemente soubemos que o caso estaria passando para a delegacia de homicídios, mas continuamos sem pistas sobre seu paradeiro, nos ajude divulgando por favor”, disse Daniele Santos, parente de Deise. Com informações do Blog do Rodrigo Ferraz.