Plantão Policial

PF deflagra ação contra superfaturamento na construção da Fonte Nova

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta segunda-feira (26) sete mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Cartão Vermelho, que investiga irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão da Arena Fonte Nova, segundo informou o site Metro1.

De acordo com a PF, são apuradas fraudes a licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro – em benefício ao consórcio Fonte Nova Participações, formado pela Odebrecht e OAS. A obra foi superfaturada em valores que, corrigidos, podem chegar a mais de R$ 450 milhões.